Crítica: Jogos Vorazes


“I volunteer! I volunteer as a tribute!”

Mais uma febre literária ganha uma versão cinematográfica. Estou falando de Jogos Vorazes, o primeiro de três livros escritos por Suzanne Collins, que também assina o roteiro do filme ao lado do diretor Gary Ross (Quero Ser Grande e A Vida em Preto e Branco).

Em um futuro, o Capitol seleciona um jovem e uma jovem de cada um dos doze distritos para lutarem entre si até a morte em um programa de televisão ao vivo. Katniss Everdeen (interpretada por Jennifer Lawrence) se torna voluntária ao pegar o lugar de sua irmã durante o sorteio da colheita.

Com uma direção de arte bastante interessante e um figurino e maquiagem um tanto quanto brega (mas no bom sentido), o filme consegue superar as suas falhas na direção e roteiro, nos entregando uma boa e surpreendente diversão. Faz o espectador pensar em como ele próprio se comportaria em situações extremas. A primeira e mais automática comparação seria com o programa Big Brother e outros Reality Shows do mesmo gênero, onde competidores, em busca de um prêmio (no caso do filme a própria vida), usam todas suas habilidades para conseguir vencer o Jogo.

O futuro descrito, mostra um distrito doze pobre e idêntico a sociedade medieval, as pessoas não tem um grande acesso a tecnologia como disposta em outros por exemplo, e são obrigadas a caçar para sobreviver. Já a selva (campo de arena) seria como nossa sociedade atual, um lugar onde apenas os mais fortes e habilidosos sobrevivem, onde a moral ética fica de lado dando espaço para o bem estar individual.

O amor é bravamente exaltado em dois momentos: entre o casal de jogadores do distrito doze e o fato de Katniss tomar o lugar de Prim, como voluntária, poupando a vida de sua irmã mais nova. Um amor que a sociedade consumista imediatista, superficial não entende direito, mas admira e que em determinado momento pode ser questionado e servir como combustível para a vitória. Mas finalmente, pelo menos, nesse filme o amor ainda reina, inspira, supera e é a força mais poderosa.

Jogos Vorazes: ****
The Hunger Games (2012). Direção: Gary Ross. Elenco: Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Wes Bentley e Stanley Tucci.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s