E na televisão…

TOUCH – HOMELAND – AMERICAN IDOL

O canal Fox estreiou ha duas semanas a série TOUCH com Kiefer Sutherland e não é que gostei. Primeiro pensei que iria rotular Kiefer o tempo todo pelo seu personagem de 24 horas, e segundo achei que a história não seria bem abordada. Ok, ela não é tão bem abordada assim (somente no primeiro episódio), mas ela me convenceu nesses dois primeiros e fazia muito tempo, que eu não esperava tanto pelo terceiro.

Não posso dizer ao certo, se o contexto realmente vingará ou não. Mas posso dizer que gostei (bem mais do primeiro do que do segundo) e achei a história um tanto quanto original, fato raro atualmente nas series de televisão. A história gira em torno do conceito de uma poderosa e enigmática conexão que articula a vida todos os seres humanos de maneiras impensadas.

Outra série que comecei a ver recentemente e gostei foi HOMELAND, exibida no Brasil pelo canal FX. É sobre um soldado americano que volta do Iraque depois de oito anos de seu desaparecimento. Mas, depois de sua volta para casa, surgem suspeitas a respeito de ele ser realmente um herói americano ou parte de uma célula adormecida que planeja um ataque terrorista. E para tentar desvendar a teoria de conspiração temos Claire Danes (longe daquele rostinho angelical em Romeu + Julieta). Não posso deixar de mencionar a brasileira Morena Baccarin (V), que também esta no elenco, mais sexy como nunca, como a esposa de Brody (o soldado “herói”).

Já se passaram três episódios e a série é boa pra caramba. Não deixa o ritmo ficar lento demais, e quando deixa é porque tem um propósito bastante claro, te chocar de alguma forma minutos depois. A primeira temporada possui 12 episódios  e a segunda já esta confirmada, devendo estreiar nos Estados Unidos em Setembro desse ano.

Tanto em TOUCH como HOMELAND, temos temporadas de poucos episódios, seria essa uma nova tendência? Confesso que, antes de ser um tanto quanto ousada é bastante interessante.

E AMERICAN IDOL? Alguém ainda assisti ao reality show? Tenho duas opiniões para isso, ou a fórmula esta muito desgastada com a chegada de The X Factor e The Voice, ou a produção do programa tem de certa forma policiado demais as críticas de Steven Taylor e com isso, deixado de ser interessante.

Warner correndo na frente da Sony

O canal Sony sempre foi um dos meus preferidos, mas eu não sei o que anda acontecendo com ele, que além de trazer uma enxurrada de reprises, terminou o ano sem exibir os episódios restantes da nova temporada de Grey’s Anatomy, exibiu em duas semanas (exibições diárias, ao invés de semanal) da excelente Happy Endings, estréia sem alardes a série Off the Map (chegando a exibir dois episódios inéditos em um único dia) e para piorar, resolveu bater o recorde de exibições de CSI, pois cada vez que sintonizo no canal, esta passando a série. E tudo isso aconteceu, desde o recesso de Natal/Réveillon, e não mudou até então. É um tanto quando lamentável, pelo menos essa semana voltou a exibir os inéditos de Desperate Housewives e irá estreiar American Idol.

Enquanto isso, vemos a Warner rir à toa com a sua programação, primeiro que na segunda semana de janeiro já havia voltado com os inéditos das suas séries, como The Middle, Two and a Half Men, The Big Bang Theory e outros, estreiou Alcatraz, com apenas uma semana e meia de exibição dos Estados Unidos, e ainda traz agora em fevereiro a estréia de mais duas séries: I Hate My Teenage Daughter e Are You There Chealse? 

Gosto muito da rivalidade dos dois canais, até porque são os dois principais que exibem as séries americanas aqui no Brasil, mas a Sony tem que acordar, porque esta ficando bastante feio perante a sua rival Warner, e não vai ser o American Idol que irá salvá-la, o canal deve sofrer uma restruturação de programação, urgente!

American Idol 2012

O canal de tv por assinatura SONY, já confirmou a data de estréia de um dos reality shows mais assistidos dos Estados Unidos: American Idol. Será no dia 07/Fevereiro a partir das 22h.

American Idol foi criado por Simon Fuller, com o intuito de encontrar novas estrelas musicais, hoje em sua décima primeira edição. Tem o objetivo de descobrir o melhor cantor do país onde o ganhador é eleito pelos telespectadores, os quais votam por telefone, pela internet e por SMS, é a missão principal de “American Idol”. Porém, este não é o único caminho; no início do show, os responsáveis por eleger quem passará para a próxima fase é um júri composto pelo produtor fonográfico Randy Jackson, a cantora pop Jennifer Lopez e o roqueiro Steven Tyler. O responsável por apresentar este reality é o talentoso diretor de televisão, Ryan Seacrest.

Vencedor do American Idol 2011

E o grande vencedor da edição 2011 de American Idol, foi revelado na última quarta-feira, em programa ao vivo, exibido no Brasil pelo canal de tv por assinatura Sony.

Scotty McCreery (16 anos) saiu como o grande vencedor da noite e Lauren Alaina ficou em segundo lugar.

Final de American Idol, ao vivo!

A grande final do Reality Show mais bem sucedido da televisão americana esta chegando. E mais uma vez o canal de tv por assinatura, Sony, exibirá ao vivo, o show de encerramento, onde o mundo todo irá descobrir quem sairá como o grande vencedor.

Será nesta quarta-feira, dia 25 de Maio. O canal começará exibindo às 20h o programa exibido na noite anterior, nos Estados Unidos, a apresentação dos dois finalistas e logo depois às 21h começa sua transmissão ao vivo com a grande final.

American Idol 2010

Vocês estão acompanhando o American Idol deste ano? Eu estou achando muito bom, e Steve Tyler e Jennifer Lopez estão em perfeita sintonia com o Randy Jackson, de tal maneira que Simon não faz falta alguma. Até me arrisco a dizer que os novos jurados deram um novo gás para o reality show, dando oportunidade para timbres e estilos diferentes dos anos anteriores.

Abaixo um dos melhores momentos, que achei até o momento, da semana de homenagem aos Beatles (o show foi gravado em Las Vegas).