Crítica: Sete Psicopatas e um Shih Tzu

“An eye for an eye leaves the whole world blind.”

ImagemAssistir Sete Psicopatas e um Shih Tzu foi incrivelmente surpreendente. Eu já havia gostado do trailer do filme, embora este não mostre muito do mesmo, mas mesmo assim, me deixou um tanto quanto curioso.

Resumindo: Marty (interpretado por um Colin Farrell bastante entusiasmado) é um escritor pouco experiente que não encontra inspiração para seu novo roteiro, chamado “Sete Psicopatas”. Seu melhor amigo é Billy (interpretado por Sam Rockwell), um ator desempregado e ladrão de cachorros que quer ajudá-lo. As ideias inusitadas de Billy colocam Marty na mira do gângster temperamental, Charlie (Woody Harrelson), que não pensaria duas vezes antes de matar qualquer pessoa que pusesse as mãos em seu cachorro.

O diretor e roteiro ficou a cargo de Martin McDonagh (Na Mira do Chefe), que mais uma vez apresenta uma estrutura narrativa inteligente, mas não muito bem encaixada (como em seu primeiro filme), diálogos rápidos em uma história construída em cima da metalinguagem do filme dentro do filme. 

Imagem

Confesso que nunca fui muito fã de Christopher Walken, mas aqui ele esta impagável como o ladrão de cachorros ao lado de Billy, e seu papel esta repleto de grandes referências sutis e não sutis ao cinema de Gangster e Terror. É com ele uma das melhores cenas do filme, quando simplesmente se recusa a levantar as mãos para um outro ladrão armado, simplesmente porque não quer.

Todos os atores foram muito bem dirigidos por McDonagh, que mostra firmeza na sua direção (este é apenas o seu segundo filme) ao mesmo tempo que deixa os atores se divertirem em cena. Vale lembrar também que Colin Farrell retorna a parceria com o diretor (Na Mira do Chefe também é protagonizado por Farrell). Woody Harrelson interpreta aqui o maior psicopata/assassino da trama, cujo cachorro foi roubado por Billy, e que faz de tudo para recuperá-lo – sem medir esforços.

7P_02509.000

O único ponto negativo que vejo é realmente a sua edição, que embora seja amarrada por um roteiro afiado, por vezes torna-se confuso ao ponto de não sabermos o que realmente os personagens buscam e um clímax morno, comparado ao filme como um todo. Mas em nada atrapalha a diversão e boas risadas desta comédia despretensiosa que deverá agradar a um público sedento de comédias inteligentes.

Sete Psicopatas e um Shih Tzu4estrela
Seven Psychopaths (2012). Direção: Martin McDonagh . Elenco: Colin Farrell, Sam Rockwell, Michael Stuhlbarg, Michael Pitt, Christopher Walken e Woody Harrelson.

Anúncios

“O Homem mais Procurado do Mundo” filme está confirmado no Brasil para o dia 18 de janeiro

O Homem Mais Procurado do Mundo

Pouco depois do discurso do presidente norte-americano Barack Obama em 2 de maio de 2011, anunciando oficialmente a morte de Osama Bin Laden, multidões formaram-se espontaneamente em frente à Casa Branca e tomaram as ruas para celebrar a ocasião. Esse grande momento na história americana foi motivo de festa, mas os nomes de homens e mulheres envolvidos no ataque letal permaneceram em sigilo. Era o único modo de garantir sua segurança. O filme “O Homem Mais Procurado do Mundo” (Codename: Geronimo) conta a sua história. Uma das principais forças por trás dessa narrativa é Nicolas Chartier, presidente da produtora Voltage Pictures, um apaixonado pelas histórias acerca dos soldados envolvidos nas guerras do Oriente Médio, e pro dutor do vencedor do Oscar® “Guerra ao Terror”. Quando ele ouviu o anúncio do presidente, contar essa história foi algo mais do que a ocasião perfeita: foi um chamado ao dever. “Decidimos fazer um grande filme de ação baseado naquele evento e nas atividades que o possibilitaram, como o treinamento dos Navy Seals [tropa de elite da Marinha americana], a complexidade da operação e todas as dificuldades sempre presentes na preparação de algo tão arrojado”, diz Chartier.

O primeiro passo era encontrar um roteirista talentoso o suficiente para transformar esse evento monumental em uma história relevante e atrativa. Por conta de seu fervor e envolvimento total com o projeto, Chartier fez questão de chamar alguém com quem pudesse trabalhar intensamente e confiasse sem sombra de dúvidas. Kendall Lampkin foi o escolhido. O produtor Zev Foreman trabalhou com Chartier e Lampkin desde o princípio para garantir que o roteiro fosse o mais efetivo possível. “Estávamos dispostos a criar uma história poderosa e inesquecível capaz de ser o relato definitivo sobre aquela missão”, lembra Foreman. “Queríamos garantir a empolgação de um filme de ação com o maior nível de realismo e valor histórico para honrar esse evento”. Roteiro pronto, era hora de ach ar o diretor certo.

John Stockwell (foto) era o nome; um sujeito capaz de encarar a história de forma bastante única. “John é um ótimo diretor”, diz Chartier. “Foi divertidíssimo vê-lo dirigindo até oito câmeras durante a ação dos Seals”. Stockwell trouxe a energia desejada por Chartier para realizar o projeto. “Meu orgulho por poder contar essa história é imensurável. É épico! Agora sabemos do resultado final da decisão do presidente ao aprovar a missão”, lembra Stockwell. “Mas é fascinante sempre lembrar que as chances para um desastre eram enormes a partir do momento em que a ordem foi dada. Espero que sejamos capazes de mostrar a dificuldade de uma decisão que poderia ter destruído a presidência de Barack Obama”.

Desde a concepção, houveram obstáculos para o projeto deste filme. Em primeiro lugar, toda a informação oficial sobre a chamada Operação Gerônimo, incluindo os nomes dos Seals envolvidos na ação, era extremamente confidencial. Para superar esse problema, Lampkin, o roteirista, construiu uma fundação narrativa que se mantivesse mesmo se novos detalhes viessem a público. Depois disso, ele dedicou sua pesquisa a aprender sobre os Seals e garantir que suas ações estivessem de acordo com a realidade. Tudo isso culminou num roteiro com três histórias paralelas. Enquanto a CIA tenta descobrir se a operação vale o risco, dois agentes infiltrados no Paquistão tentam levantar o maior número possível de informações. E, por fim, os soldados se preparam para a maior missão de suas vidas. “O trabalho dessas três unidades vai tornar o ataque possível. Nossa história foca nessa preparação e no sacrifício de cada um deles”, diz Lampkin.

Como o roteirista não tinha acesso aos documentos oficiais, ele precisou utilizar reportagens jornalísticas e livros militares para basear suas escolhas. Mais tarde, consultores e especialistas técnicos entraram em ação para garantir a veracidade e resolver alguns problemas. “Mesmo com tudo isso acontecendo, sempre soube que nossa história seria sobre aquelas pessoas, não sobre o evento em si. Desse modo, poderíamos manter nossa história de forma constante, mesmo que a natureza do evento se transformasse com o tempo. Precisávamos mostrar como as peças se moveram, registrar o resultado fica por conta dos livros de história”, analisa Lampkin. Embora a história seja real, todos os personagens de “O Homem Mais Procurado do Mundo” são fictícios.

O filme estreia no dia 18 de janeiro nos cinemas brasileiros.

Sinopse: Um pequeno intervalo de tempo na caça a Osama Bin Laden serve como pano de fundo para essa história envolvente sobre todo o esforço de uma unidade de elite da Marinha, os Navy Seals, que executou a operação organizada para capturar (ou matar) o maior inimigo dos Estados Unidos. Essa é a história de uma operação clandestina, a união perfeita das pessoas certas e uma sinergia rara das circunstâncias e decisões que resultou na missão militar mais arrojada de nossa geração. Esse filme é inspirado na história real de como tudo quase falhou. No elenco, estão nomes como Freddy Rodríguez (“Planeta Terror”, “A Dama na Água”) e o rapper Xzibit (“xXx 2 – Estado de Emergência”).

Indicados ao Oscar 2012

Foi divulgado hoje pela manhã, os indicados ao prêmio máximo do Cinema: Oscar 2012. O grande líder de indicações é o mais novo filme de Martin Scorsese, A Invenção de Hugo Cabret, seu primeiro longa infanto-juvenil e 3D, recebeu 11 indicações – entre elas o de Melhor Filme e Direção.

Depois de receber três prêmios do Globo de Ouro – Melhor Filme Comédia ou Musical, Melhor Trilha Sonora e Melhor Ator em filme de Comédia e Musical – o filme O Artista recebe 10 indicações ao Oscar.

Contrariando alguns críticos de cinema, que davam como incerto a indicação de 10 longas na categoria de melhor filme, o Oscar repete um número de indicados superior a cinco, que vem ocorrendo desde o ano passado.

Melhor Filme:
A Árvore da Vida
A Invenção de Hugo Cabret
Cavalo de Guerra
Histórias Cruzadas
Meia-Noite em Paris
O Artista
O Homem que Mudou o Jogo
Os Descendentes
Tão Forte e Tão Perto

Melhor Diretor:
Alexander Payne por Os Descendentes
Martin Scorsese por A Invenção de Hugo CabretMichel Hazanavicius por O Artista
Terence Mallick por A Árvore da Vida
Woody Allen por Meia-Noite em Paris

Melhor Ator:
Brad Pitt por O Homem que Mudou o Jogo
Demián Bichir por A Better Life
Gary Oldman por O Espião que Sabia Demais
George Clooney por Os Descendentes
Jean Dujardin por O Artista

Melhor Atriz:
Glenn Close por Albert Nobbs
Meryl Streep por A Dama de Ferro
Michelle Williams por Sete Dias com Marilyn
Rooney Mara por Os Homens que não Amavam as Mulheres
Viola Davis por Histórias Cruzadas 

Melhor Ator Coadjuvante:
Christopher Plummer por Toda Forma de Amor
Jonah Hill por O Homem que Mudou o Jogo
Kenneth Branagh por Sete Dias com Marilyn
Max Von Sydow por Tão Forte e Tão Perto
Nick Nolte por Guerreiro

Melhor Atriz Coadjuvante:
Berenice Bejo por O Artista
Janet McTeer por Albert Nobbs
Jessica Chastain por Histórias Cruzadas
Melissa McCarthy por Missão Madrinha de Casamento
Octavia Spencer por Histórias Cruzadas

Melhor Roteiro Adaptado:
A Invenção de Hugo Cabret
O Espião que Sabia Demais
O Homem que Mudou o Jogo
Os Descendentes
Tudo Pelo Poder

Melhor Roteiro Original:
A Separação
Margin Call: O Dia Antes do Fim

Meia-Noite em Paris
Missão Madrinha de Casamento
O Artista

Melhor Animação:
Chico & Rita
Gato de Botas
Kung Fu Panda 2
Rango
Um Gato em Paris

Melhor Filme Estrangeiro:
A Separação (Irã)
Bullhead (Bélgica)
Footnote (Israel)
In Darkness (Polônia)
Monsieur Lazhar (Canadá)

Melhor Fotografia:
A Árvore da Vida
A Invenção de Hugo Cabret
Cavalo de Guerra
Os Homens que não Amavam as Mulheres
O Artista

Melhor Direção de Arte:
A Invenção de Hugo Cabret
Cavalo de Guerra
Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 2
Meia Noite em Paris
O Artista

Melhor Figurino:
Anônimo
A Invenção de Hugo Cabret
Jane Eyre
O Artista
W.E.

Melhor Montagem:
A Invenção de Hugo Cabret
O Artista
O Homem que Mudou o Jogo
Os Descendentes
Os Homens que não Amavam as Mulheres

Melhor Maquiagem:
Albert Nobbs
A Dama de Ferro
Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 2
 

Melhor Trilha Sonora Original:
A Invenção de Hugo Cabret
As Aventuras de Tintin: O Segredo do Licorne
Cavalo de Guerra
O Artista
O Espião que Sabia Demais

Melhor Canção Original:
Man or Muppet” – Os Muppets
Real in Rio” – Rio

Melhor Montagem de Som:
A Invenção de Hugo Cabret
Cavalo de Guerra
Drive

Os Homens que não Amavam as Mulheres
Transformers: O Lado Oculto da Lua

Melhor Mixagem de Som:
A Invenção de Hugo Cabret
Cavalo de Guerra
O Homem que Mudou o Jogo
Os Homens que não Amavam as Mulheres
Transformers: O Lado Oculto da Lua

Melhores Efeitos Visuais:
A Invenção de Hugo Cabret
Gigantes de Aço
Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 2
Planeta dos Macacos: A Origem
Transformers: O Lado Oculto da Lua

Melhor Documentário:
Hell and Back Again
If a Tree Falls: A Story of the Earth Liberation Front
Paradise Lost 3: Purgatory
Pina
Undefeated

Melhor Curta Documentário:
Incident in New Baghdad
God is the Bigger Elvis
Saving Face
The Barber of Birmingham: Foot Soldier of the Civil Rights Movement
The Tsunami and the Cherry Blossom

Melhor Curta Metragem de Animação:
A Morning Stroll
Dimanche/Sunday
La Luna
The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore
Wild Life

Melhor Curta Metragem:
Pentecost
Raju
Time Freak
The ShoreTuba Atlantic

O Filme do Lilinho – Comercial da Panvel

 

O Rio Grande do Sul esta se mostrando um estado com excelentes propagandas de televisão, vocês não acham? Confiram abaixo o comercial da Rede de Farmácias Panvel – O Filme do Lilinho.

Lançado em outubro de 2011, resgata os laços de amor e carinho que todos nós temos com quem amamos. No elenco, Leonardo Machado (pai), Nina Moraes (mãe) e Amábile Wessler Comandolli (filha). Produção: Mínima. * Filme baseado na crônica de José Pedro Goulart, publicada no livro “A voz que se dane”, Editora L&PM. Criação e Direção: José Pedro Goulart

A outra Branca de Neve de 2012

O ano de 2012 será marcada por dois novos filmes de A Branca de Neve, o primeiro já postamos algumas fotos aqui nesse Blog, que terá Julia Roberts como vilã. O segundo filme ou primeiro, sinceramente não sei qual foi anunciado primeiro, terá como Branca de Neve, a queridinha dos adolescentes Kristen Stewart (da série Crepúsculo) e a Rainha Má será Charlize Theron.

Snow White and the Huntsman, tem sua estréia marcada para 01/Junho nos Estados Unidos. Em uma reviravolta para o conto de fadas, o lenhador que foi ordenado em matar Branca de Neve, acaba se tornando seu protetor e mentor em uma missão para derrotar a Rainha Má.

Confira o trailer do filme, logo abaixo: