Os Homens que Não Amavam as Mulheres: 1 Livro e 2 Filmes

A Trilogia Millennium esta dominando o mundo, tendo os livros traduzidos para dezenas de idiomas. Composto por três volumes escrito pelo sueco Stieg Larsson, o primeiro livro ganhou uma segunda versão para o cinema, nas mãos de David Fincher (A Rede Social e O Clube da Luta) recentemente – inclusive com algumas indicações para o Oscar.

“O tema da violência sexual contra as mulheres nos seus livros deve-se ao fato de que Larsson, enojado, testemunhou o estupro coletivo de uma jovem quando ele tinha 15 anos. O autor nunca se perdoou por não ajudar a garota, cujo nome era Lisbeth – como a jovem heroína de seus livros, e resolveu dedicá-los a ela.” Wikipedia.

O Livro: Apesar de um ritmo bastante lento, o livro é capaz de prender o leitor até o final, porém confesso que não irá ganhar minha atenção nos dois próximos volumes. Além de focar demasiadamente em personagens que não agregam na história final, o autor resgata o passado, praticamente de todos, para explicar o porque que nos dias atuais eles se comportam dessa maneira. Eu particularmente gostei muito do livro, mas saber que vou passar por todo um dilema psicológico dos personagens novamente no segundo e terceiro volume da série, não vai ser pra mim – prefiro esperar os filmes.

Os filmes: Se você gostou do livro, vale a pena conferir as duas versões. Primeiro, porque cada diretor apresenta o filme de maneiras diferentes. Alguns cortes do livro, como o romance de Blomkvist com uma integrante da família Vanger, é comum em ambas as produções, mas Fincher nos apresenta cenas muito mais fortes do que a produção dirigida por Niels Arden Oplev. A versão americana teve muito mais ousadia que a sueca, mas até é compreensivo, já que o próprio livro é tão chocante quanto o filme.

O segundo e terceiro livros já foram adaptados para o cinema na Suécia, e inclusive serão exibidos pelo canal de Tv por Assinatura MAX (da rede HBO) em março: A Menina que Brincava com Fogo e A Rainha do Castelo de Ar. Quanto as duas próximas versões americanas, nada ainda foi declarado.

Curiosidade: Dessa vez, não foi o Brasil que trocou os títulos da produção. Se traduzirmos o título original suéco para o português do primeiro volume, teremos Os Homens que Não Amavam as Mulheres, já os Estados Unidos resolveu mudar para A Garota com a Tatuagem de Dragão – na tradução literal.

Anúncios

Amizade! Um filme alemão

Desde o leste da Alemanha para o oeste dos Estados Unido, baseado em uma história quase real. O motivo da viagem é o reencontro do pai de um dos dois amigos, que não o vê ha 12 anos, somente recebe um cartão postal de feliz aniversário. Sem muito dinheiro, os dois partem para uma viagem de costa a costa nos Estados Unidos, pois a passagem aérea só os levou até Nova York, e a cidade destino é San Francisco.

O cinema alemão vem me surpreendendo, filme após filme, e com esse, não foi diferente. Primeiro porque esperava uma comédia pastelão, no melhor estilo Superbad. Segundo, porque o trailer simplesmente, foi “pessimamente” produzido, nos revelando pouco da história e de seu incrível roteiro. Digo isso, porque na verdade, Amizade! poderia ser mais um road movie americano entre amigos, mas é sincero em mostrar que nem tudo, pode ser tão simples quanto parece, principalmente quando um final tido como esperado, pode ter uma reviravolta surpreendente.

Você pode conferir o filme no canal de tv por assinatura, MaxHD. Próximas exibições: 11/Dez às 18h25, 15/Dez às 23h50, 31/Dez às 15h55, 12/Jan às 20h05 ou consulte o site clicando aqui.

Strike Back

Quer uma dica de uma nova série de ação? Sintonize no canal por assinatura, MAX HD (da rede HBO) e seja feliz. O primeiro episódio repleto de ação foi exibido ontem (07/Novembro) e será reprisado hoje às 22h no canal Maxprime.

“STRIKE BACK, é um suspense explosivo e de alcance mundial, com histórias baseadas nas manchetes atuais. A série enfoca dois membros de uma agência ultra-secreta da inteligência britânica, conhecida como Seção 20: Michael Stonebridge, um sargento inglês integrante de um grupo antiterrorista de elite, e Damien Scott, um ex-comando da Força Delta dos Estados Unidos, expulso de sua unidade na mesma noite da invasão americana no Iraque. Stonebridge, Scott e o restante do grupo da Seção 20 cruzam o mundo perseguindo Latif, um perigoso terrorista internacional, que planeja um grande atentado com armas de destruição em massa, que poderia causar danos em dimensões mundiais. Esta união incomum entre dois agentes de elite – um americano desertor e um espião britânico de alto calibre–injeta ação de tirar o fôlego em STRIKE BACK. Sexy, cheia de suspense e ação, a série é ambientada em lugares exóticos e recheada de reviravoltas, enquanto seus protagonistas vivem suas aventuras em Nova Déli, Cidade do Cabo e Darfur com a missão de frustrar as ações dos terroristas que querem trazer anarquia e destruição para o nosso planeta.” Fonte: Site da HBO.

A primeira temporada conta com dez episódios, e já possui uma segunda temporada também confirmada com dez episódios, recém exibidos nos Estados Unidos. Vale lembrar que o roteirista dessa primeira temporada é Frank Spotniz, da série Arquivo X.

Assista à um teaser da série: