Uma linda poesia sobre VENEZA

VENEZA
Sob o deslizar das gôndolas
impulsionadas por um remador errante
canta-se também um amor
carregado de mágoas
acenos à rostos com máscaras
estas, sob as faces mais belas
me imagino em cada uma delas
cada gôndola é como o teatro da vida
que ao deslizarem nos canais de Veneza
revelam apenas minha certeza.